top of page

CONHEÇA DOIS MALBECS ÍCONES ARGENTINOS FEITOS COM UVAS REGADAS PELO DEGELO DA CORDILHEIRA DOS ANDES

Atualizado: 18 de nov. de 2021

Acequias Rosedal e Luis Segundo, ambos com 100% Malbec, tem a alma argentina



Texto: Orestes de Andrade Jr. | Jornalista e Sommelier A Argentina é a terra do Malbec. E dois dos melhores Malbecs argentinos são elaborados pela Bodega Luis Segundo Correas. A família tem longa tradição vitivinícola, desde 1932. O fundador, Juan de Dios Correas, governou a terra mágica de Mendoza por três vezes. Luis Segundo Correas, que dá nome à bodega, é da terceira geração. Ele conduziu a modernização impressionante da empresa a partir de 1972.


Em seus mais de 400 hectares distribuídos em nove fincas em microrregiões de Mendoza, Luis Segundo elabora dois rótulos consagrados pela crítica e os consumidores: o Valle las Acequias Rosedal e o Luis Segundo, ambos 100% Malbec. Os vinhedos de ambos os rótulos ícones ficam na finca Don Angelino, em Medrano, a 850 metros no nível do mar. Por meio do rio Tunuyán, são regados pela água do degelo da neve da Cordilheira dos Andes (foto acima).

O Acequias Rosedal foi batizado em homenagem à mãe de Luis Segundo. Dona Ofelia Arenas Correas tinha duas paixões: o vinho e as roseiras. Chegou a presidir a Sociedade Argentina de Floricultura, fundou a Sociedade de Rosicultura de Mendoza, e cultivou mais de 1.500 roseiras no pátio da sua casa.

Para representar a sua delicadeza, este rótulo é vinificado com as melhores uvas de apenas 3 hectares do centenário vinhedo da Fazenda Don Angelino. Por isso, são produzidas pouquíssimas unidades super especiais. Tanto que ganhou 91 pontos em duas safras consecutivas, 2006 e 2007, de Robert Parker, o mais famoso crítico de vinhos do mundo.


Ele passa 12 meses por barricas de carvalho francês, mais 6 meses em garrafa, para só depois ir ao mercado. Tem aromas intensos de frutas vermelhas e pretas em compota. Seus taninos são potentes e macios, com enorme persistência. Esta safra 2017 tem potencial de guarda de 15 anos!

O Luis Segundo, safra 2016, teve 92 Pontos de Robert Parker. Tem aromas de frutas vermelhas e negras maduras, com destaque para ameixa e cereja, e notas de especiarias, baunilha e tabaco.


Corpo generoso em boca, com taninos amáveis, resultado do amadurecimento por 18 meses por barricas de carvalho francês, mais 6 meses em garrafa. Final longo e persistente que o torno inesquecível. A safra 2015 tem potencial de guarda até 2030 se guardada nas condições ideias (temperatura estável e em ambiente escuro).




Os dois rótulos estão com preços especiais dentro da Campanha Vinho Para Todos, que comemora dos 25 anos da empresa. O Acequias Rosedal sai de R$ 268 por R$ 158 (até 5 garrafas) e R$ 129 (6 garrafas ou mais). O Luis Segundo sai de R$ 399 por R$ 228 (até 5 garrafas) e R$ 199 (a partir de 6 garrafas). Aproveite que é por tempo limitado!
86 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page