ESPANHA

Por muitos anos, a Espanha viveu à sombra da Itália e França no que diz respeito à exportação e ao reconhecimento internacional. Firmemente dedicada a mudar essa realidade, a indústria vitivinícola espanhola, se revitalizou. A partir de investimentos pesados em tecnologia e modernização de produção, houve um notável salto de qualidade no vinho produzido, e hoje, o que se vê é uma moderna e potente indústria, capaz de oferecer vinhos excepcionais.

Tintos marcantes, cavas de extrema elegância e brancos de complexidade impressionante são alguns dos grandes ícones da Espanha, que ainda hoje é um dos países com maior área de vinhedos do mundo.