PORTUGAL

Um país de longa tradição vinícola, tendo como marco importante a implantação da vinicultura pelos romanos, tal como ocorreu nos demais países de maior expressão vinícola da Europa. A vitivinicultura portuguesa demorou a evoluir tecnologicamente e, por muito tempo, produziu poucos vinhos de alta qualidade, porém nas últimas duas décadas, como consequência do fantástico desenvolvimento econômico, político e social do país, a vitivinicultura sofreu sensíveis avanços, particularmente no campo tecnológico.

O fato mais importante é que essa modernização foi realizada sem destacar os aspectos tradicionais positivos, como por exemplo, a utilização de variedades de uvas autóctones e tradicionais. Com a ajuda da tecnologia, essas castas, que antes originavam vinhos de qualidade inferior, passaram a dar grandes rótulos. Numa época de globalização, com a uniformização de condutas e gostos, é maravilhoso degustar os bons vinhos portugueses.